terça-feira, março 20, 2007

Efeito Colateral ou a via crucis do aciclovir

Como diz o Kenji, quando vem, vem junto, então hoje eu descobri que a minha herpes labial voltou. Ou seja, além de 10 dias sem beber serão, pelo menos, 3 sem beijar. Férias é isso aí!

Ainda tive a via-crucis do aciclovir. Como eu estava na dúvida resolvi ir a uma farmácia, nesse solão, confirmar com o farmacêutico se era mesmo herpes. Tudo bem, saí de casa 13h15 e fui primeiro na Drogaria Araújo do Gutierrez, cheguei por volta de 13h30. Lá eu descobri que hoje é o dia da Reunião-Geral-dos-Farmacêuticos-da-Drogaria-Araújo. Beleza, tentei, então a DrogaRaia, que fica em frente, e descobri que lá sempre ficam duas farmacêuticas, que fazem questão de almoçar no mesmo horário, ou seja, qualquer uma delas só depois de 14 horas. Tudo bem, sem pressa, tô de férias mesmo, no stress.

Vou eu andar, nesse solão, mais dois quarteirões para chegar na Drogaria Trade. Tem farmacêutico? Tem. Está em horário de almoço? Está. Volta às 14 horas? Por aí. Isso já são 13h45. Beleza, vou para a papelaria do lado e fico 15 minutos olhando papel. Às 14 horas chega a farmacêutica e vai trocar de roupa. 14h15 ela volta, exatamente com a mesma roupa que chegou e um jaleco branco por cima. Tudo bem, sem pressa, tô de férias mesmo, no stress.

Aí eu viro para ela:

- Acordei com uma feridinha na boca, mas tô na dúvida se é herp....

- É.

Na verdade, antes do ‘é’ ela ainda apertou os olhinhos por uns três centésimos de segundo fazendo uma profunda análise da minha ferida na boca. Essa praticamente consulta à farmacêutica deve ter durado, no máximo, 2 segundos. Até porque antes de eu agradecer e falar ‘ah, então a melhor pomada é aciclovir, né?’ Ela já estava do outro lado da loja.

Então eu me dirijo à vendedora da farmácia e peço uma pomada aciclovir ou zovirax, ‘o que estiver mais em conta’ como de costume. Ela simplesmente não tem. Pelo menos eu já tenho a confirmação do ‘diagnóstico’. Volto andando, nesse solão, para a Drogaria Araújo. Nisso já devia ser quase 14h30. Cheguei em casa de novo um pouco antes de três da tarde. Mais de uma hora e meia depois de pensar ‘ah vai ser mais rápido eu ir à farmácia e confirmar minha suspeita. Sem contar que tudo bem, sem pressa, tô de férias mesmo, no stress.

Rá...Rá...Rá...

5 comentários:

Kenji disse...

:-( tadinha! que jeito de passar as férias! :-(

enquanto dá disse...

Mas sabe? O corpo da gente é esperto cara, ele sabe que a gente não pode ficar sem trabalhar (porque a gente fica tenso) e aí deixa pra ficar doente quando a gente tá de folga... comigo acontece isso... Não que eu esteja dizendo que isso é bom, no fim das contas :(

Deborah disse...

Lud, lamento pela sinusite e pela herpes, mas parece que somos do mesmo tipo - o que só se dá o direito de ficar mal quando tem tempo, ou seja, no fim de semana, feriado, férias...
Ou seja, gente doida.
Mas adorei seu blog nas férias.
Leio o blog do Kenji pelo menos 1 x p semana, e ele tem sido responsável pelo minha educação musical recente. Não tava lendo o seu pq da última x ele tava desatualizado. Mas se continuar nesse ritmo, vai ser outro clic diário nos meus favoritos.
Tenho saudades de conversas boas, provocativas, instigantes como a sua. Aliás, deixe-me dizer, sem querer traumatizar, que vc e o blog do Kenji, junto com a minha amiga Déa q volta da Alemanha praí esse mês c/ o marido, são responsáveis por eu já ter dado início ao processo mental da minha volta a BH, que deve acontecer em fins de 2008. Tá longe ainda, mas a minha vontade ainda carece de rega.
Permite-me contar com vc?
Beijo

Ludmila disse...

Claro, Deborah! Esperamos você por aqui e até lá vamos papeando virtualmente. ;-) Vc tb tem blog?

Deborah disse...

Nopes... Uso meu perfil do orkut... atualizo quase todo dia, troco foto e td.
Bj