quarta-feira, agosto 27, 2008

Tudo sobre o que eu ainda não sei
primeiras impressões de uma grávida de primeira viagem

- Euforia. Tudo é lindo, pelo menos nesse começo. Talvez seja um sintoma de que a ficha ainda vai cair. A minha com certeza não caiu por completo.

- Às vezes eu acho que eu estou passando por um processo de alienação hormonal. Não é possível que eu esteja tão calma.

- Na minha humilde opinião esse negócio de maternidade é uma construção, mas a natureza é realmente sábia. Um bom tempo antes de ter conhecimento do fato meu organismo começou a rejeitar um monte de coisas, tipo café, refrigerante. Álcool então eu nem lembro a última vez que bebi. Isso me impressiona.

- Eu não sei se é psicológico mas tenho a impressão que o meu sutiã está diminuindo.

- Meu mantra atual: seja menino ou menina, que puxe o cabelo do pai.

- Ultrassom: um barato. Eu descobri que o neném já tem 7 semanas e 5 dias, mede 1,4cm, que o caração dele bate 182 vezes por minuto e que eu ovulei do meu ovário esquerdo (como não poderia deixar de ser...). Preciso não? :-)

13 comentários:

Clarice disse...

eu quero deixar um comentário, mas estou sem palavras... será que é normal a euforia e a alienação acometerem também as amigas da grávida? :-p

(lud, fala sério, você tb imaginou um bebezinho de umvirgulaquatro centímetros??? caralho, é muito doido!)

Ludmila disse...

KK, eu tenho a foto!! Eu tenho a foto!! (no ultrassom) :-D

Lori disse...

E as fases barrigais?! Você barrigudona vai ficar a coisa mais linda desse mundo!!!! Sem contar que vai ser uma mãe massa, todos os coleguinhas do seu rebento vão mega invejá-lo por ter uma mãe tão maneira!!! :D (Já tô imaginando as reuniões escolares! Há! Fodasso!)

CyntiaBeltrão disse...

Lud,

Quando grávidas nós viramos songa-mongas sorridentes. Uma espécie de desespero sereno.

É claro que os hormônios interferem. E é bom pra gente se lembrar que tb é bicho.

É a abençoada bobeira que parece acometer todas as grávidas.

O problema é que às vezes não passa. ;-)

Leila DizNi disse...

"desespero sereno"

putz deve ser massa sentir isso... já q são pouquíssimas as misturas improváveis de sensações (ou seria mistura de sensações improváveis?) que as mulheres deixam de experimentar. Nao sei pq, mas qndo li imaginei um sentimendo fofo, geladinho e doce na boca do estomago...

Lud, parabens de novo. O japinha vai ser lindo...

enquanto dá disse...

eu também quando li "desespero sereno" senti uma coisa que eu não sei o que é, evidentemente :D Mas achei que deve ser a coisa que mais deve definir isso, tomei um susto com o tanto que a Cyntia abraçou a coisa com a palavra...

Ludmila disse...

Eu sei o que é ser uma songa monga sorridente. :-) Depois eu me dei conta: olha a imagem que eu coloquei nesse post. Que imagem é essa, gente!! Grávidas são seres muito estranhos... :-P

Kenji disse...

eu tô achando ótimo tb ;-)

e discordo qdo à observação sobre os peitos... ;-)

Lu disse...

Oi Lud!
Parabéns! Você está fazendo parte de umas das maravilhas da natureza!
E se te falarem que nesse período você está ainda mais bonita, acredite, é verdade!
Vendo a secretária-mamãe aqui do trabalho, tenho a impressão que a felicidade exala pelos poros.
Enquanto não chega a minha vez, vou curtindo daqui a sua gravidez.

Ana disse...

Eu tô achando tudo muito fofo...
E concordo com a Lori, vc vai ser uma mãe muito massa :)

Ludmila disse...

Meninas, agradeço todos os comentários e estou à disposição para encontros e troca de experiências. :-) Também agradeço a confiança sobre ser uma mãe legal, mas receio que serei uma mãe mais brava do que o meu rebento gostaria. ;-)

Deborah disse...

Ei Lud,
parabéns!
Déborah, de Brasília.

Ludmila disse...

Oi Deborah, agradecida! :-) Quando vier a BH me avisa, vamos encontrar! :-)