sexta-feira, fevereiro 15, 2008

Iroko

Eu ando doida para escrever nesse blog.
Queria publicar uma foto bacanona de mim mesma toda feliz e sorridente tocando tambor na chuva em Ouro Preto.
Contar da visita da minha irmã Luana, de 14 anos, que foi sensacional.
Discutir com as meninas as bundas, tanto da Simone de Beauvoir como a do Cheiro do Ralo, filme fantástico que eu só assisti outro dia.
Avisar que a Zen está bem, que a cirurgia foi um sucesso, tanto que desde a dita a gata não brigou com ninguém, nem mesmo com a Capitu.
Reclamar da sinusite que não passa tem mais de mês e da telemig celular que me deixou dias e dias sem celular (mas agora a situação já resolveu, felizmente)
Mas tudo isso com tempo, desenvolvendo as idéias, descrevendo processos.
Mas não deu. Não dá. Então eu deixo assim mesmo, em tópicos. Depois eu conto mais, no dia que der.


Orixá Tempo

3 comentários:

Kenji disse...

tempo tempo mano velho...

esse começo de ano tá um raio de rápido

enquanto dá disse...

Mas o pouco é alguma coisa, então tá valendo! Claro que desfiar as histórias vai ser interessante... mas o tempo haverá de ser mais presente (puta frase metalinguística) :)

Ludmila disse...

Rosi, essa foi profunda. :)